Resenha: A Sutil Arte de Ligar o Foda-se

Querem um livro excelente para ler nas horas vagas, no consultório do médico, dentro do ônibus ou pouco antes de dormir? O livro, A Sutil Arte de Ligar o Foda-se é perfeito!

E antes que você diga o que a resenha desse livro está fazendo neste blog é bem simples: um bom redator precisa gostar de ler. Pode ser qualquer coisa, não precisa ser só sobre marketing digital e assuntos relacionados. É a união de diversas informações que faz a nossa mente dar aquele clique na página em branco e as ideias começam a chegar.

Continuando…

Eu amei o livro. Sabem aquela leitura com a qual você vai se identificando. Eu fui lendo e pensando “gente, mas é isso mesmo, eu faço assim mesmo”… E, acredito eu, que ele sirva para a maioria das pessoas, pois são formas de pensar e agir um tanto universais.

O autor, Mark Manson, fala sobre tomar a responsabilidade para si sobre tudo o que acontece em nossas vidas e como encaramos as coisas que nos acontecem.

Por exemplo, a gente sempre conhece aquela mulher que come de tudo e continua com o corpo que pedimos a Deus. Ela foi favorecida pela genética, enquanto nós, reles mortais, precisamos fazer restrições alimentares e suar muito na academia para ter esse mesmo corpo.

O problema é que, a maioria das pessoas foca no problema e ficam indignadas com essa situação. Não aceitam o fato de que as coisas são como elas são. E então, comem de forma desenfreada e falam que o corpo é assim porque não tem uma boa genética ou então, de que adianta malhar se não posso ter um corpo como esse?

E na hora que vamos comprar uma roupa e achamos aquela peça perfeita na vitrine, mas na hora de vestir, ficamos mais parecidas com um colchão amarrado, a frustração acontece e nos damos conta de que precisamos nos responsabilizar pelas nossas vidas.

Nesse caso, o autor fala o seguinte: não é sua culpa ter nascido sem essa genética maravilhosa, mas é sua responsabilidade fazer o que estiver ao seu alcance para conquistá-lo. Entendem?

Dando um bom exemplo prático na vida de um freelancer: o meu. Sou formada em fisioterapia e nunca gostei da profissão. Nesse caso, eu fiz a escolha de fazer esse curso e de permanecer nele e tinha também a escolha de trabalhar ou não em algo que eu não gostava. Quem diria que um dia ia me tornar redatora?

Resolvi transformar essa minha aversão ao curso em munição para conseguir trabalhar com algo que gostava. Fui ao Google e fiz minha pesquisa “como ganhar dinheiro escrevendo” e aqui estou eu. Poderia ter seguido o destino de muito dos meus colegas: trabalhando em clínicas, ganhando pouco e indo para o trabalho às 7 da manhã para voltar às 20 ou 21 horas. Eu fiz o que precisava ser feito e tenho a minha recompensa.

A Sutil Arte de Ligar o Foda-se é simplesmente inspirador e o melhor de tudo? Na Amazon custa menos de 20,00! É um investimento excelente, pois quando a nossa mente se abre para o autoconhecimento tudo fica bem melhor, inclusive a vida financeira e o trabalho 😉

Anúncios

Um comentário em “Resenha: A Sutil Arte de Ligar o Foda-se

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s